BRASIL: "ÚNICO PA͍S NO MUNDO ONDE O POVO QUE É ROUBADO
É O MESMO QUE DÁ PODER AO LADRÃO"
Ações Jurídicas
Artigos
Base Territorial
Convenções e Acordos Coletivos
Convênios
Denúncia contra Bancos
Diretoria
Esportes
Eventos
Fale conosco
Índices de Reajustes Salariais
Links
Localização / sede
Matérias
Notícias
Noticias jurídicas
Notícias RSS
Saúde
Segurança Bancária
Sindicalize-se
Untitled Document
NOTÍCIAS
Gerais
Jurídicas
RSS
Saúde
Segurança Bancária
 Notícias Gerais

Confira as últimas notícias gerais :

21/08/2019 - COM RECORDE DA PETROBRAS, LUCRO DAS ESTATAIS É O MAIOR DA HISTÓRIA NO 2º TRIMESTRE

Segundo a Economatica e com valores corrigidos pela inflação, Petrobras, Banco do Brasil e Eletrobras tiveram juntas um lucro de R$ 28,6 bilhões

As três maiores empresas estatais na Bolsa registraram juntas seu maior lucro trimestral da história entre abril e junho, segundo dados da consultoria Economatica. Pelo levantamento, considerando valores corrigidos pelo IPCA, Petrobras, Banco do Brasil e Eletrobras (tiveram um lucro de R$ 28,6 bilhões.

O maior lucro anterior havia sido no terceiro trimestre de 2008, quando as estatais registraram lucro de R$ 14,83 bilhões nominalmente, ou R$ 27,02 bilhões quando ajustado pela inflação.

Por outro lado, o maior prejuízo das três estatais juntas aconteceu no quarto trimestre de 2015, quando registram perdas ajustadas de R$ 51,9 bilhões. Nos últimos 82 trimestres desde janeiro de 1999, este grupo de estatais teve prejuízo em nove oportunidades, sendo oito entre o terceiro trimestre de 2014 e o quarto trimestre de 2017.

Quem mais ajudou neste resultado recorde foi a Petrobras, que com R$ 18,8 bilhões no segundo trimestre teve o maior lucro de uma empresa de capital aberto para um segundo trimestre desde o ano de 1986, quando tem início a base de dados da Economatica.

lucros
A consultoria destaca ainda que, na lista dos 20 maiores lucros para um segundo trimestre, considerando valores ajustados pela inflação, aparecem somente quatro empresas: Petrobras (13 vezes), Vale (5 vezes) e Banco do Brasil e Eletrobras em uma oportunidade cada.

Prejuízos
Entre as perdas considerando todas as empresas da Bolsa, com valores ajustados pela inflação, a Vale teve no primeiro semestre o sexto maior prejuízo da série histórica da Economatica.

O pior resultado já registrado entre janeiro e junho foi do Banco do Brasil, que no ano de 1996 teve perdas nominais de R$ 7,78 bilhões, o que, corrigido pelo IPCA, representa R$ 30,6 bilhões de prejuízo. (Fonte: InfoMoney)




Fonte: INFOMONEY /FEEB PR

 Outras Notícias

21/08/2019 - PRIMEIROS SINAIS DO CONTEÚDO DA REFORMA SINDICAL

21/08/2019 - COMO A DECISÃO DO CNJ PODE AFETAR O BB?

21/08/2019 - ITAÚ NÃO DESCARTA QUE O BRASIL TENHA ENTRADO EM RECESSÃO

20/08/2019 - CORRETORAS PEDEM BENÇÃO AO BC PARA OFERECEREM SERVIÇOS DE BANCOS

20/08/2019 - CONVENÇÃO COLETIVA GARANTE VANTAGEM MESMO COM NOVA LEI DO DOMINGO: ENTENDA

20/08/2019 - BAIXA ADESÃO AO PLANO DE DESLIGAMENTO DO BANCO DO BRASIL

20/08/2019 - SEGURO-DESEMPREGO: QUANDO O TRABALHADOR TEM DIREITO DAS PARCELAS?

20/08/2019 - JUSTIÇA REINTEGRA FUNCIONÁRIO DA CAIXA EM CASCAVEL

19/08/2019 - CONFIRA DATA E REGRAS DE PAGAMENTO DA PLR 2019

19/08/2019 - BANCOS LIDERAM LUCROS DE EMPRESAS COM AÇÕES NA BOLSA

  Sindicalize-se
+ Detalhes  
  Eventos
FESTA DOS BANCÁRIOS...
+ Detalhes
Itajaí - SC | Rua José Ferreira da Silva, 48 - Cx. Postal 118 - Centro | Telefone: (47) 3348-6374 |||  By Vale da Web
Copyright © 2019 SEEBI. Todos os Direitos Reservados.