BRASIL: "ÚNICO PA͍S NO MUNDO ONDE O POVO QUE É ROUBADO
É O MESMO QUE DÁ PODER AO LADRÃO"
Ações Jurídicas
Artigos
Base Territorial
Convenções e Acordos Coletivos
Convênios
Denúncia contra Bancos
Diretoria
Esportes
Eventos
Fale conosco
Índices de Reajustes Salariais
Links
Localização / sede
Matérias
Notícias
Noticias jurídicas
Notícias RSS
Saúde
Segurança Bancária
Sindicalize-se
Untitled Document
NOTÍCIAS
Gerais
Jurídicas
RSS
Saúde
Segurança Bancária
 Notícias Gerais

Confira as últimas notícias Gerais :

27/08/2007 - BANCOS SERÃO DENUNCIADOS...

As agências do Bradesco e do ABN Real serão denunciadas por não cumprir normas de trabalho.

Peterson Guerreiro.

Problemas decorrentes ao ambiente de trabalho estão entre as causas mais comuns de afastamento por motivo de saúde. Doenças como estresse e LER (Lesão por esforço repetitivo), estão entre as que mais afastam o trabalhador brasileiro e a profissão de bancário está entre as mais estafantes. De acordo com o Sindicato dos Bancários de Itajaí, as agências do Bradesco e do ABN Real desconhecem esses dados e desrespeitam normas da medicina do trabalho.

O presidente do Sindicato dos Bancários de Itajaí, Sérgio Roberto Pio, entrou com representação na Delegacia Regional do Trabalho (DRT) e no Ministério Público do Trabalho (MTB), contra as agências do Bradesco e Real. De acordo com Pio, o Real não atendia as regras de contratação de estagiários, além de colocar em risco a segurança do estudante. “A regra de contratação de estagiário fala em colocar o estudante na área de estudo. No banco Real eles usavam estagiários para dar troco na fila de auto-atendimento”, disse.

Pio explica que este tipo de prática coloca em risco a vida do estagiário, pois o local de trabalho do não oferece a segurança necessária. “O estudante fica com cerca de R$ 400 reais no bolso, para dar troco aos clientes que usam o caixa eletrônico. O problema é que ali não possui porta automática e o segurança fica na parte de dentro do banco”.

Box – Condições de trabalho

De acordo com Pio, no banco Bradesco foi constatado irregularidades que foram denunciadas e não atendidas. Ele explica que o pé direito (altura do teto), das agências tem de ter pelo menos três metros e na agência não chega a dois. “O trabalhador sofre com o calor e com a iluminação mal direcionada. Eles trocaram a caixa de lugar, mas só resolveu o problema dela”, acusa. Outro caso foi da funcionária que não possui espaço para mexer as pernas e se deslocar para transferir o malote. “Ela vai ter um problema sério nas pernas”, disse.

Comentário do Sindicato: Às denúncias foram feitas à Delegacia Regional do Trabalho e ao Ministério Público do Trabalho, no dia 13.08.2007.
Estamos aguardando às diligências...


Fonte: DIÁRIO DA CIDADE

 Outras Notícias

17/01/2019 - EM MEIO À CRISE, VENDA DE ESTATAIS DEIXARÁ GOVERNO DE MÃO ATADAS, DIZ ECONOMISTA

17/01/2019 - REAJUSTE DAS APOSENTADORIAS DO INSS VARIA DE 0% A 3,43%

17/01/2019 - JUSTIÇA DERRUBA ACORDO ANTERIOR À REFORMA QUE PROIBIA TERCEIRIZAÇÃO EM USINAS DE CANA DE SP

17/01/2019 - MILITARES INTENSIFICAM LOBBY PARA FICAR FORA DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA

17/01/2019 - PROCURA-SE MÃO DE OBRA ESPECIALIZADA E PAGA-SE BEM: O BOOM DA ÁREA DE TI

15/01/2019 - BOLSONARO ASSINA NESTA TERÇA-FEIRA DECRETO SOBRE POSSE DE ARMAS, INFORMA CASA CIVIL

15/01/2019 - DEFASAGEM NA TABELA DO IMPOSTO DE RENDA CHEGA A 95,46%

15/01/2019 - PEC 300: A NOVA AMEAÇA AOS DIREITOS TRABALHISTAS

14/01/2019 - OPERADORES DO DIREITO CONVOCAM ATO NACIONAL EM DEFESA DA JUSTIÇA DO TRABALHO

14/01/2019 - VEJA PROFISSÕES QUE ESTARÃO EM ALTA EM 2019, SEGUNDO EMPRESAS DE RECRUTAMENTO

  Sindicalize-se
+ Detalhes  
  Eventos
FESTA DOS BANCÁRIOS...
+ Detalhes
Itajaí - SC | Rua José Ferreira da Silva, 48 - Cx. Postal 118 - Centro | Telefone: (47) 3348-6374 |||  By Vale da Web
Copyright © 2019 SEEBI. Todos os Direitos Reservados.