BRASIL: "ÚNICO PA͍S NO MUNDO ONDE O POVO QUE É ROUBADO
É O MESMO QUE DÁ PODER AO LADRÃO"
Ações Jurídicas
Artigos
Base Territorial
Convenções e Acordos Coletivos
Convênios
Denúncia contra Bancos
Diretoria
Esportes
Eventos
Fale conosco
Índices de Reajustes Salariais
Links
Localização / sede
Matérias
Notícias
Noticias jurídicas
Notícias RSS
Saúde
Segurança Bancária
Sindicalize-se
Untitled Document
NOTÍCIAS
Gerais
Jurídicas
RSS
Saúde
Segurança Bancária
 Notícias Gerais

Confira as últimas notícias Gerais :

31/03/2007 - O PAÍS SEM AVIÕES

A queda-de-braço entre os controladores de vôo e o governo federal, que já vinha martirizando os usuários do transporte aéreo, atingiu ontem o seu momento mas grave, com a paralisação completa dos aeroportos do país. Em clara desobediência aos seus superiores, servidores militares amotinaram-se e suspenderam suas atividades, provocando um efeito dominó no tráfego aéreo. O resultado foi a suspensão total dos vôos, medida necessária para evitar riscos à vida dos passageiros.

É constrangedor que isso ocorra três dias depois do ultimato dado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que a situação fosse normalizada. O colapso caracteriza uma insurgência intolerável por parte dos servidores, mas também evidencia a falência da autoridade. Não é de agora que a população vinha pedindo providências. Também não foi a primeira vez que o presidente da República exigiu solução e empenhou sua autoridade nisso.

Diante do fracasso do Planalto, era natural que o Congresso tomasse a si a responsabilidade de investigar o problema. Como a maioria parlamentar impediu a instalação da CPI do Apagão Aéreo, a decisão de fazê-lo foi determinada pelo ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal.

O caos que se ampliou ontem fornece mais um argumento para o procedimento da Câmara dos Deputados. Com a decisão, que ainda depende de confirmação do Pleno, o STF propicia aos parlamentares uma nova oportunidade para mostrar eficiência, reduzindo os efeitos negativos que as investigações anteriores provocaram. O desfecho das CPIs do Mensalão, dos Bingos e dos Sanguessugas - que mantiveram a atenção do país voltada para o Congresso - não foi dos mais conseqüentes.

As investigações desvendaram crimes eleitorais e corrupção, apontaram alguns culpados, provocaram a queda de ministros, levaram comandos partidários à renúncia e evidenciaram a existência de um esquema de compra e venda de apoios partidários e de votos parlamentares. Pois apesar dessas evidências e apesar da contundente denúncia formal de 40 envolvidos pela Procuradoria Geral da República, o plenário da Câmara de Deputados foi tolerante e leniente. Houve apenas três deputados cassados.

Há seis meses pelo menos, os aeroportos brasileiros vivem em sobressalto, com os serviços aéreos deteriorados e o caos instalado na programação e nos horários de vôos. Estes fatos, acrescidos do naufrágio da Varig, da queda do avião da Gol e das denúncias sobre a ação da Infraero, revelam a existência de inequívocos "fatos determinados", como os exigidos pela lei.

Cabe aos cidadãos brasileiros esperar que, cumprido o princípio de que as minorias têm direito a promover CPIs se ele for reafirmado pelo plenário do Supremo, a comissão de inquérito se processe sem os equívocos que marcaram as do ano passado. Não será compreensível, nem tolerável, que ela se transforme no campo de uma batalha política entre governo e oposição, em vez de ser a chance de o Congresso ajudar na solução de uma questão grave para o país.

O que está em causa é a preocupação nacional com o desastre em que se transformou o setor aéreo, não os dividendos políticos que oposição ou governo possam pretender.


Fonte: DC

 Outras Notícias

16/11/2018 - DESEMPREGO CAI PARA 11,9%, MAS AINDA ATINGE 12,5 MILHÕES DE BRASILEIROS

16/11/2018 - DESEMPREGO É MAIOR ENTRE NORDESTINOS, MULHERES E NEGROS, DIVULGA IBGE

14/11/2018 - LUCRO LÍQUIDO DO BANRISUL SOBE 31,6% NO TERCEIRO TRIMESTRE DE 2018

14/11/2018 - GILMAR MENDES TRAVA PAGAMENTO DE AÇÕES NA JUSTIÇA DE PLANOS ECONÔMICOS

14/11/2018 - COMO O PT ‘APARELHOU’ O BANCO DO BRASIL

13/11/2018 - CENTRAIS SINDICAIS DEBATEM REFORMA DA PREVIDÊNCIA

13/11/2018 - BOLSONARO E O DESEMPREGO

13/11/2018 - CAIXA ECONÔMICA CONFIRMA QUE DECISÃO DO STF SOBRE FGTS NÃO GERA DIREITOS EM 2018

13/11/2018 - AUTÔNOMO TEM DE GANHAR O DOBRO DE TRABALHADOR CLT PARA MANTER PADRÃO

13/11/2018 - GOVERNO DE BOLSONARO VAI PROMOVER CORTE DE CARGOS EM BANCOS ESTATAIS

  Sindicalize-se
+ Detalhes  
  Eventos
FESTA DOS BANCÁRIOS...
+ Detalhes
Itajaí - SC | Rua José Ferreira da Silva, 48 - Cx. Postal 118 - Centro | Telefone: (47) 3348-6374 |||  By Vale da Web
Copyright © 2018 SEEBI. Todos os Direitos Reservados.