BRASIL: "ÚNICO PA͍S NO MUNDO ONDE O POVO QUE É ROUBADO
É O MESMO QUE DÁ PODER AO LADRÃO"
Ações Jurídicas
Artigos
Base Territorial
Convenções e Acordos Coletivos
Convênios
Denúncia contra Bancos
Diretoria
Esportes
Eventos
Fale conosco
Índices de Reajustes Salariais
Links
Localização / sede
Matérias
Notícias
Noticias jurídicas
Notícias RSS
Saúde
Segurança Bancária
Sindicalize-se
Untitled Document
NOTÍCIAS
Gerais
Jurídicas
RSS
Saúde
Segurança Bancária
 Notícias Gerais

Confira as últimas notícias Gerais :

29/11/2017 - CAIXA PATROCINARÁ CARNAVAL DO RIO COM R$ 8 MIL ; RECURSOS VIRÃO DE LEI ROUANET

A Caixa Econômica Federal irá patrocinar o desfile das escolas de samba do Rio no ano que vem. O banco destinará R$ 8 milhões à Liesa (Liga Independente das Escolas de Samba) via Lei Rouanet. (LUCAS VETTORAZZO)


Para receber o patrocínio, a liga das escolas de samba terá que apresentar projeto que se enquadre nas exigências técnicas da Rouanet.
O acordo entre Caixa e a Liga foi costurado pelo ministério da Cultura. Os valores foram anunciados na tarde desta terça-feira (28) pelo ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, em Brasília.


O patrocínio do governo federal ao Carnaval do Rio chega no ano em que o prefeito da cidade, Marcelo Crivella (PRB), cortou pela metade a subvenção dada às escolas de samba. Desde 2016 que a prefeitura dá R$ 2 milhões a cada uma das 12 agremiações do Grupo Especial (as primeiras do ranking). O prefeito anunciou em maio que cortaria o valor à    metade e destinaria a verba para creches no município.


No dia do anuncio, ocorrido em junho passado, a Liesa declarou que a da verba inviabilizaria o Carnaval na cidade. Cada escola recebeu em 2017 cerca de R$ 6 milhões, oriundos dos recursos da prefeitura, venda de ingressos e CDs e cota de televisão.


As escolas viram o patrocínio de entes públicos minguar nos últimos dois anos em razão da crise no Rio. Petrobras e Governo do Estado cortaram suas verbas para o Carnaval. O acordo com a Caixa reforça prática que divide opiniões.


Há quem não concorde com patrocínio público de uma festa que é privada. Outra corrente acredita que o evento movimenta a economia da cidade é parte da identidade local. Sá Leitão afirmou que o Carnaval injeta R$ 2 bilhões na economia do Rio.


A Liesa terá o desafio de enquadrar seus projetos no rigoroso processo de inscrição na Lei Rouanet. Segundo o site do Ministério da Cultura, para se enquadrar na primeira etapa da lei é preciso enviar proposta com "apresentação, objetivos e justificativa [do projeto], bem como orçamento, etapas de execução, cronograma, plano de divulgação e plano de distribuição".


O ministério da Cultura fez diversas reuniões para orientar os gestores da Liesa em como completar todos os formulário e pré-requisitos para a inscrição do projeto. A Liesa apresentou sua proposta no último dia 23 de novembro, mas parte do conteúdo estava incompleto, segundo o ministério da Cultura. As escolas têm vinte dias para terminar o processo.




Fonte: FOLHA.COM / FEEB PR

 Outras Notícias

17/07/2018 - ACORDO COLETIVO QUE GARANTE BENEFÍCIOS SOMENTE A QUEM CONTRIBUI COM SINDICATO

16/07/2018 - EM CUBA, GLEISI FAZ CAMPANHA PELA LIBERDADE DE LULA

16/07/2018 - SERVIDORES DOS CORREIOS VÃO PAGAR A CONTA POR NOVO ROMBO NO POSTALIS

16/07/2018 - CONSULTA À COTA DO PIS ESTÁ DISPONÍVEL NESTA SEGUNDA-FEIRA

16/07/2018 - RECEITA PAGA HOJE 2º LOTE DE RESTITUIÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA 2018

16/07/2018 - ‘NÃO HOUVE NENHUMA IRREGULARIDADE’, AFIRMA BANCO DO BRASIL

16/07/2018 - CORTE DE VAGAS DE TRABALHO CRESCE 600% NOS SINDICATOS APÓS FIM DE IMPOSTO

16/07/2018 - MÊS DE FÉRIAS! CONFIRA COMO FICA DIREITO AO DESCANSO APÓS REFORMA TRABALHISTA

16/07/2018 - RESULTADO DA NEGOCIAÇÃO COM O BANCO DO BRASIL

13/07/2018 - BANCOS NÃO ASSINAM PRÉ-ACORDO; DIA 2 DE AGOSTO TEM DISCUSSÃO SOBRE CLÁUSULAS ECONÔMICAS

  Sindicalize-se
+ Detalhes  
  Eventos
FESTA DOS BANCÁRIOS...
+ Detalhes
Itajaí - SC | Rua José Ferreira da Silva, 48 - Cx. Postal 118 - Centro | Telefone: (47) 3348-6374 |||  By Vale da Web
Copyright © 2018 SEEBI. Todos os Direitos Reservados.