BRASIL: "ÚNICO PA͍S NO MUNDO ONDE O POVO QUE É ROUBADO
É O MESMO QUE DÁ PODER AO LADRÃO"
Ações Jurídicas
Artigos
Base Territorial
Convenções e Acordos Coletivos
Convênios
Denúncia contra Bancos
Diretoria
Esportes
Eventos
Fale conosco
Índices de Reajustes Salariais
Links
Localização / sede
Matérias
Notícias
Noticias jurídicas
Notícias RSS
Saúde
Segurança Bancária
Sindicalize-se
Untitled Document
NOTÍCIAS
Gerais
Jurídicas
RSS
Saúde
Segurança Bancária
 Notícias Gerais

Confira as últimas notícias Gerais :

07/08/2018 - BANCOS ESTUDAM FORMAS DE AMENIZAR OS PROBLEMAS

BB afirma que investe em tecnologias para manutenção do dinheiro e Bradesco quer intensificar uso de cartões nos locais (Fernando Nakagawa)

O Banco do Brasil e o Bradesco são as duas instituições financeiras com maior rede de atendimento no interior do Brasil e, por isso, estão mais expostas à onda de ataques. Os dois bancos informaram que estudam maneiras de amenizar os problemas causados pela falta de dinheiro nas pequenas cidades.

Em nota, o BB diz que “lamenta transtornos provocados em praças onde suas agências são alvo constante de explosões e arrombamentos”. O banco não informou o número de postos de atendimento (PA) que operam sem dinheiro, mas diz que investe em tecnologias para “manutenção da circulação de numerário nas cidades”.

O BB informa ainda que trabalha com a polícia para “combater o crime organizado e propiciar condições de funcionamento de agências”. A preocupação, cita a nota, é não pôr em risco a segurança da população e empregados.

Já o Bradesco informou que “iniciou período de avaliação da sua política de fluxo de recursos em alguns postos”. Atualmente, o banco tem cerca de 4,8 mil PAs e cerca de 1% está sendo avaliado sobre o funcionamento sem dinheiro. “O objetivo é oferecer nossa contribuição para preservar condições de segurança dessas comunidades”, diz o banco.

Em nota, o Bradesco avalia como “inadmissíveis as consequências sociais da violência causada pelos ataques”. Para tentar contornar o problema, o banco quer intensificar o uso dos cartões nessas cidades. “Uma alternativa viável e de rápida implementação”, cita a nota.

O diretor de clientes e canais da Caixa Econômica Federal, Julio Volpp, disse que o sistema usado para gerenciamento das lotéricas analisa qualquer necessidade de numerário e, por isso, não deveria ocorrer falta de dinheiro, como visto na lotérica de São Miguel do Tapuio (PI). “Pedirei averiguação desse caso. Nosso trabalho é não permitir que isso aconteça”.

O executivo explicou que o custo do envio de dinheiro da transportadora de valores até a lotérica é custeado pelo próprio agente lotérico. A Caixa tem um grupo de parceiros com transporte de valores subsidiado, mas o programa beneficia apenas as lotéricas mais movimentadas das grandes cidades.

A Federação Brasileira dos Bancos informou que o setor investe cerca de R$ 9 bilhões em segurança anualmente, o triplo do investido há dez anos. Já o Banco Central se limitou a dizer que não tem informações sobre o número de postos de atendimento sem dinheiro. 




Fonte: ESTADÃO / FEEB PR

 Outras Notícias

21/02/2019 - GOVERNO DIZ QUE TEXTO SOBRE MILITARES SERÁ ENTREGUE EM 30 DIAS

21/02/2019 - PEDRO GUIMARÃES ANUNCIA PRIVATIZAÇÕES NA CAIXA

21/02/2019 - IMPACTO DE REFORMA TRABALHISTA SOBRE GERAÇÃO DE EMPREGO CONTINUA INCERTO

21/02/2019 - PROPOSTA PREVÊ GATILHO DE AUMENTO DA IDADE MÍNIMA

21/02/2019 - COM A REFORMA, QUANTO TEMPO MAIS O SEGURADO TERÁ DE CONTRIBUIR?

21/02/2019 - APOSENTADO PODE PERDER MULTA DE 40% DO FGTS SE CONTINUAR TRABALHANDO

21/02/2019 - REFORMA DA PREVIDÊNCIA: ENTENDA A PROPOSTA PONTO A PONTO

20/02/2019 - UM ANO PERDIDO, PIB APONTA AVANÇO DE APENAS 1,1% NA ECONOMIA EM 2018

20/02/2019 - REFORMA DE BOLSONARO DEVE EXIGIR 40 ANOS DE CONTRIBUIÇÃO PARA APOSENTADORIA INTEGRAL

20/02/2019 - FORD ANUNCIA FECHAMENTO DE SUA FÁBRICA EM SÃO BERNARDO DO CAMPO

  Sindicalize-se
+ Detalhes  
  Eventos
FESTA DOS BANCÁRIOS...
+ Detalhes
Itajaí - SC | Rua José Ferreira da Silva, 48 - Cx. Postal 118 - Centro | Telefone: (47) 3348-6374 |||  By Vale da Web
Copyright © 2019 SEEBI. Todos os Direitos Reservados.