BRASIL: "ÚNICO PA͍S NO MUNDO ONDE O POVO QUE É ROUBADO
É O MESMO QUE DÁ PODER AO LADRÃO"
Ações Jurídicas
Artigos
Base Territorial
Convenções e Acordos Coletivos
Convênios
Denúncia contra Bancos
Diretoria
Esportes
Eventos
Fale conosco
Índices de Reajustes Salariais
Links
Localização / sede
Matérias
Notícias
Noticias jurídicas
Notícias RSS
Saúde
Segurança Bancária
Sindicalize-se
Untitled Document
NOTÍCIAS
Gerais
Jurídicas
RSS
Saúde
Segurança Bancária
 Notícias Gerais

Confira as últimas notícias Gerais :

10/10/2018 - GOVERNO SANCIONA LEI QUE DISPENSA DOCUMENTO AUTENTICADO EM ÓRGÃO PÚBLICO

Regra também acaba com exigência de certidão de nascimento e reconhecimento de firma.

O presidente Michel Temer sancionou projeto aprovado pelo Congresso que dispensa a apresentação de documento autenticado e firma reconhecida em órgão públicos.

O texto, publicado no Diário Oficial da União nesta terça-feira (9), também acaba com a exigência de apresentação de certidão de nascimento.

A lei traz procedimentos que deverão ser seguidos pelos órgãos públicos federais, estaduais e municipais.

O objetivo é suprimir ou simplificar formalidades e exigências feitas ao cidadão e consideradas desnecessárias ou que se sobrepõem. O texto aprovado pelo Congresso afirma que essas burocracias geram custo econômico e social superior ao eventual risco de fraude.

Ao sancionar o projeto, Temer vetou o artigo que estabelecia a vigência imediata da lei, a partir da publicação. Ele argumentou que a matéria tem grande repercussão e exige adaptação do poder público.

Com isso, a norma entrará em vigor daqui a 45 dias.

Pela regra, órgãos públicos não poderão exigir que o cidadão reconheça firma para que algum serviço ou atendimento seja feito. Será de responsabilidade do agente administrativo do órgão comparar a assinatura com a que consta no documento de identidade da pessoa.

Também ficará dispensada a cobrança de cópias autenticadas de documentos. Nesses casos, bastará apresentar o original e cópia simples, que serão comparados pelo servidor responsável.

Nas situações em que era exigida a anexação de um documento pessoal, poderá ser juntada uma cópia autenticada naquele momento pelo próprio servidor do órgão.

A apresentação de certidão de nascimento poderá ser substituída por documento de identidade, título de eleitor, carteira de trabalho, identidade profissional emitida por conselhos regionais, certificado militar, passaporte ou identidade funcional de órgão público.

Em qualquer situação fora das eleições, será dispensada a apresentação de título de eleitor.

Também foi simplificado o procedimento de autorização para viagem de menores de idade. Se os pais estiverem presentes no embarque, não será solicitado o reconhecimento de firma para a liberação. 




Fonte: FOLHA.COM / FEEB PR

 Outras Notícias

15/02/2019 - BRASIL AINDA TERÁ LONGO CICLO DE DESEMPREGO, DIZ OIT

15/02/2019 - LUCRO DOS 4 MAIORES BANCOS BATE RECORDE, SOBE 20% E VAI A R$ 69 BILHÕES

15/02/2019 - ‘TODOS GANHARIAM SE O BB FOSSE PRIVATIZADO’

15/02/2019 - PREVIDÊNCIA DE BOLSONARO TEM TRANSIÇÃO MAIS DURA DO QUE PROJETO NA CÂMARA

15/02/2019 - BOLSONARO APROVOU IDADE MÍNIMA DE 65 ANOS PARA HOMEM E 62 PARA MULHER, DIZ SECRETÁRIO

15/02/2019 - HORÁRIO DE VERÃO TERMINA SOB AMEAÇA DE NÃO VOLTAR MAIS

14/02/2019 - CPI DEMONSTROU QUE A PREVIDÊNCIA SOCIAL NÃO É DEFICITÁRIA

14/02/2019 - BANCO DO BRASIL TEM LUCRO DE R$ 12,8 BILHÕES EM 2018

14/02/2019 - CAIXA, BB E PETROBRAS TERÃO ‘BRAÇOS CORTADOS’: VÃO COMEÇAR AS PRIVATIZAÇÕES

14/02/2019 - BOLSONARO DIZ QUE 'BATERÁ MARTELO' SOBRE PROPOSTA DA PREVIDÊNCIA NESTA QUINTA

  Sindicalize-se
+ Detalhes  
  Eventos
FESTA DOS BANCÁRIOS...
+ Detalhes
Itajaí - SC | Rua José Ferreira da Silva, 48 - Cx. Postal 118 - Centro | Telefone: (47) 3348-6374 |||  By Vale da Web
Copyright © 2019 SEEBI. Todos os Direitos Reservados.