BRASIL: "ÚNICO PA͍S NO MUNDO ONDE O POVO QUE É ROUBADO
É O MESMO QUE DÁ PODER AO LADRÃO"
Ações Jurídicas
Artigos
Base Territorial
Convenções e Acordos Coletivos
Convênios
Denúncia contra Bancos
Diretoria
Esportes
Eventos
Fale conosco
Índices de Reajustes Salariais
Links
Localização / sede
Matérias
Notícias
Noticias jurídicas
Notícias RSS
Saúde
Segurança Bancária
Sindicalize-se
Untitled Document
NOTÍCIAS
Gerais
Jurídicas
RSS
Saúde
Segurança Bancária
 Notícias Gerais

Confira as últimas notícias Gerais :

09/04/2007 - O APAGÃO DO GOVERNO

O Brasil refém do caos aéreo, com cidadãos aprisionados nos aeroportos – numa espécie de seqüestro do seu direito inalienável de ir-e-vir – é o retrato direto da inabilidade administrativa, da presunção política e da hesitação decisória que toma conta do governo.

Ato contínuo do descaso com a crise aérea que se arrasta há seis meses, com as autoridades esticando a corda além do limite, sem saber o que fazer, sem plano nem alternativa, deu-se o impensável: o motim, uma rebelião dentro da instituição cujo princípio elementar de funcionamento é a disciplina e o zelo pela ordem. Em outros tempos, a cena de militares aquartelados, num levante contra superiores, cruzando os braços, seria sinal de guinadas graves no País. Foram insubordinações do tipo que descambaram lá atrás na longa estiagem democrática.

A experiência e as conseqüências do período de ditadura ainda estão bem frescas na memória dos brasileiros. Por isso, inconcebível que o chefe da Nação tenha dado guarida a esse movimento impedindo prisões disciplinares e cedendo a negociações paralelas que só provocaram mais revoltas. Quebrada a hierarquia, foram a seguir os próprios chefes do comando da FAB que desistiram de seguir adiante no controle aéreo. O governo, rendido, fez outra guinada. Voltou atrás e, de erros em erros, de idas e vindas, mostra que não compreendeu a natureza do problema.

O presidente Lula, o ministro da Defesa (que não sai do papel de coadjuvante), os órgãos responsáveis pelo setor – da Anac à Infraero – levaram adiante a falsa percepção de que o caos na aviação se esvaziaria por si só, se resolveria sem que nenhuma medida concreta ou atuação mais incisiva fosse apresentada para o problema – que traz ingredientes de todo tipo, desde profissionais mal pagos a equipamentos precários e estrutura deficitária. É o governo que está em apagão, sem ação. Aos olhos do País e do mundo, o que ocorreu na fatídica sexta-feira 30 foi inacreditável, inconcebível em economias civilizadas. O Brasil parou no ar, passageiros se desesperaram em terra e as autoridades seguiram nas nuvens. Onde está o comandante?


Fonte: ISTO É

 Outras Notícias

22/01/2018 - AUTOMAÇÃO VAI MUDAR A CARREIRA DE 16 MILHÕES DE BRASILEIROS ATÉ 2030

22/01/2018 - CONSELHO DA CAIXA PODERÁ DEMITIR EXECUTIVOS ; BC TERÁ QUE APROVAR DIRIGENTES

22/01/2018 - VICES AFASTADOS DA CAIXA DIZEM QUE PRESIDENTE ATENDIA A INTERESSES DO PP

22/01/2018 - A CAIXA É A PETROBRAS DO MDB

22/01/2018 - HOMEM BRANCO E RICO SE APOSENTA MAIS CEDO NO BRASIL

22/01/2018 - CÁRMEN LÚCIA SUSPENDE A POSSE DE CRISTIANE BRASIL NO MINISTÉRIO DO TRABALHO

18/01/2018 - PLANALTO DESMONTA ESTRUTURA QUE SERIA USADA EM POSSE DE CRISTIANE BRASIL

18/01/2018 - COM FILHA FORA DA LEI E DO GOVERNO, JEFFERSON PEDE O FIM DE JUSTIÇA DO TRABALHO

18/01/2018 - AUDITORIA ENCONTRA E-MAIL DE TEMER PEDINDO CARGO NA CAIXA

17/01/2018 - REVISÃO DE SÚMULA PELO TST DEIXA ANAMATRA EM ALERTA

  Sindicalize-se
+ Detalhes  
  Eventos
FESTA DOS BANCÁRIOS...
+ Detalhes
Itajaí - SC | Rua José Ferreira da Silva, 48 - Cx. Postal 118 - Centro | Telefone: (47) 3348-6374 |||  By Vale da Web
Copyright © 2018 SEEBI. Todos os Direitos Reservados.