BRASIL: "ÚNICO PA͍S NO MUNDO ONDE O POVO QUE É ROUBADO
É O MESMO QUE DÁ PODER AO LADRÃO"
Ações Jurídicas
Artigos
Base Territorial
Convenções e Acordos Coletivos
Convênios
Denúncia contra Bancos
Diretoria
Esportes
Eventos
Fale conosco
Índices de Reajustes Salariais
Links
Localização / sede
Matérias
Notícias
Noticias jurídicas
Notícias RSS
Saúde
Segurança Bancária
Sindicalize-se
Untitled Document
NOTÍCIAS
Gerais
Jurídicas
RSS
Saúde
Segurança Bancária
 Notícias Gerais

Confira as últimas notícias Gerais :

26/04/2007 - CASTAS BRASILEIRAS...

A Constituição diz que todos são iguais perante a Lei, certo? Errado. Os últimos acontecimentos têm demonstrado que existem brasileiros e brasileiros. Nós e os outros. É o que defende o artigo de Peter Rosenfeld. Leia aqui.

NÓS E OS OUTROS.

“Um corrupto é um corrupto, é um corrupto” (antigo refrão popular).

Em meus tempos de jovem, nascido na primeira metade do século passado, havia um dito popular que dizia “ou o Brasil acaba com a saúva ou a saúva acabará com o Brasil”. É claro que acabamos com a saúva, pois o Brasil não acabou.

Se substituirmos “saúva” por “corrupção”, não só estaremos expressando a realidade atual que, me parece, está muito mais próxima de destruir o Brasil do que estava a pobre da saúva, apesar de seu tamanho avantajado.

Penso que vale relembrar o que estabelece o Artigo 5º da atual Constituição Federal, talvez o menos cumprido por boa parte de nossas “otoridades”:

Art. 5º - Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

Seguem-se setenta e sete incisos (sim, 77!!!), vários com parágrafos, alíneas, etc.; a leitura cuidadosa desse instrumento indicará ao leitor quão desrespeitados são todos e cada um dos itens.

Sem embargo, esse artigo contém uma “pegadinha”, como se diz. Essa pegadinha é a expressão “perante a lei”. E por que se trata de uma armadilha?

Simplesmente porque a “lei” referida pode ser qualquer coisa, distorcendo ou modificando o sentido que o Artigo 5º estabelece em seu “caput”. Essa “lei” (e não é uma, são muitas) contempla interesses corporativistas, estabelece privilégios e direitos que alguns (muitos) brasileiros terão em comparação com os dos demais brasileiros.

Temos tido, nesses dias, o melhor exemplo, a maior prova, do que digo acima: a Polícia Federal, através de meios legais, descobriu uma série de irregularidades praticadas por cidadãos brasileiros (que deveriam ser iguais a nós e entre si, conforme a Constituição) e obteve ordens de prisão contra esses criminosos (25 ou 26 ao todo). Vamos lembrar que “um corrupto é um corrupto, é um corrupto”.

Ato contínuo, um juiz de hierarquia superior determina que quatro desses corruptos devem ser libertados, permanecendo os demais 22 presos na carceragem da Polícia Federal.

Ora, pergunto: um membro do Superior Tribunal de Justiça ou de Tribunais Regionais Federais e um Procurador Federal não são brasileiros como o somos nós? Não, não o são, de acordo com uma lei que evidentemente é inconstitucional, pois desrespeita o preceito do já citado Artigo 5º.
Certamente essa lei, e todas as outras que estabelecem distintas classes de brasileiros, nem se importou com o fato de que um criminoso, em liberdade, pode tratar de destruir as provas levantadas pela polícia para incriminá-lo.

O que vem acontecendo por este Brasil afora afronta algumas dezenas de milhões de brasileiros que ou não foram beneficiados por essas vergonhosas leis, ou não dispõem de recursos financeiros para se valer de todos os desvios existentes nessas mesmas leis absurdas.

Temos levado uma bofetada após a outra com esses acontecimentos. A “casta” dos políticos eleitos ou mesmo nomeados está cometendo os maiores delitos sem que nada lhe aconteça. Ou são absolvidos por seus pares (que, certamente, fazem isso na esperança de que, quando chegar sua vez de enfrentar um julgamento, gozem da reciprocidade de seus colegas “de profissão”.

Temos um Waldomiro Diniz, graduado funcionário da Presidência da República, flagrado (filmado) cometendo um ato delituoso – não foi suspeita, não, foi flagrante, a quem nada aconteceu até hoje e que sequer foi exonerado de suas funções; deixou o serviço a seu pedido (o mesmo aconteceu com o então Ministro Antônio Palocci, exonerado “a pedido”, merecendo de seu chefe uma carinhosa despedida).

E como cereja a enfeitar todo esse bolo (ou montanha) de vergonheira, é nomeado ministro um cidadão que há apenas dois anos classificou o atual governo como o mais corrupto em toda a história do Brasil, que já trocou de guru e de partido várias vezes e que, ainda por cima, apesar de ter se bacharelado em direito aqui no Brasil fala nosso idioma com forte sotaque estrangeiro. Claro que me refiro ao Sr. Mangabeira Unger.

Ademais, é muito provável que esse cidadão extinga ou deturpe completamente uma das poucas ilhas de excelência que ainda existem no Brasil, ou seja, o IPEA que, apesar de criado durante a chamada ditadura, sempre foi, desde o início e ao longo de todos esses anos, grandemente respeitado.

Mas ao PT não interessam órgãos sérios, pois esses não podem ser corrompidos.

Peter Wilm Rosenfeld
pwrosen@uol.com.br


Fonte: CLÁUDIO HUMBERTO

 Outras Notícias

20/09/2018 - PLR É CONQUISTA E SERÁ PAGA HOJE

20/09/2018 - ANS RENOVA ACORDO COM UNIMED-RIO PARA ASSEGURAR DIREITOS DOS BENEFICIÁRIOS

20/09/2018 - JUSTIÇA DO TRABALHO OBRIGA BRADESCO A EMITIR CAT

20/09/2018 - JUSTIÇA DO TRABALHO ANULA DESCOMISSIONAMENTO DE ADOECIDOS NO BANCO DO BRASIL

20/09/2018 - 5,7 MILHÕES COM MENOS DE 60 ANOS TÊM ATÉ DIA 28 PARA SACAR PIS-PASEP

20/09/2018 - CIELO, BB E BRADESCO ASSINAM ACORDO COM CADE E VÃO PAGAR MULTA DE R$ 33,8 MI

20/09/2018 - APOSENTADORIAS FICARÃO MENORES A PARTIR DE DEZEMBRO NO INSS

19/09/2018 - REFORMA TRABALHISTA: 78,4% DOS POSTOS CRIADOS SÃO INTERMITENTES OU PARCIAIS

19/09/2018 - CAIXA DEVE LANÇAR NOVO PDV EM NOVEMBRO

19/09/2018 - CADE INVESTIGA BANCOS POR SUPOSTAMENTE PREJUDICAREM CORRETORAS DE CRIPTOMOEDAS

  Sindicalize-se
+ Detalhes  
  Eventos
FESTA DOS BANCÁRIOS...
+ Detalhes
Itajaí - SC | Rua José Ferreira da Silva, 48 - Cx. Postal 118 - Centro | Telefone: (47) 3348-6374 |||  By Vale da Web
Copyright © 2018 SEEBI. Todos os Direitos Reservados.