BRASIL: "ÚNICO PA͍S NO MUNDO ONDE O POVO QUE É ROUBADO
É O MESMO QUE DÁ PODER AO LADRÃO"
Ações Jurídicas
Artigos
Base Territorial
Convenções e Acordos Coletivos
Convênios
Denúncia contra Bancos
Diretoria
Esportes
Eventos
Fale conosco
Índices de Reajustes Salariais
Links
Localização / sede
Matérias
Notícias
Noticias jurídicas
Notícias RSS
Saúde
Segurança Bancária
Sindicalize-se
Untitled Document
NOTÍCIAS
Gerais
Jurídicas
RSS
Saúde
Segurança Bancária
 Notícias Gerais

Confira as últimas notícias Gerais :

10/05/2007 - LULA E MANTEGA DIVERGEM SOBRE O FUTURO DO BESC

Comentário do Sindicato: O LULLA reina mas não governa...Tá parecendo papagaio de pirata...

Ministro contraria o presidente e não descarta a privatização.

Contradições entre o Planalto e o Ministério da Fazenda voltam a colocar em dúvida o futuro do Banco do Estado de Santa Catarina (Besc). Um dia depois de o presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciar em visita ao Estado a compra do Besc pelo Banco do Brasil (BB), o ministro Guido Mantega declarou que a negociação entre as duas instituições ainda está sendo estudada.

Segundo o ministro, não está certo que o Banco do Brasil vá comprar o Besc.

- Há negociações em curso, mas o Tesouro não vai colocar nenhum dinheiro nisso. Depende de uma série de fatores. Ou você privatiza ou o Banco do Brasil se mostra interessado - afirmou Mantega.

Cauteloso, o ministro não respondeu se sua declaração estaria contrariando o comunicado dado pelo presidente no dia anterior, mas insistiu que a incorporação ou compra do Besc pelo BB não pode ser considerada irreversível. O ministro insistiu que se o BB realmente estiver interessado no Besc, não haverá qualquer contrapartida da União.

- O que posso assegurar é que não haverá impacto fiscal e não saíra dinheiro algum do Tesouro - justificou Mantega.

Avaliação das contas- salário terá atraso

Também à tarde, os secretários Ivo Carminatti (Articulação) e Sérgio Alves (Fazenda) estiveram reunidos com a cúpula do Tesouro Nacional. Eles falaram em avanços na modelagem jurídica da negociação, mas não detalharam se houve definição sobre a compra do Besc.

Alves ressaltou que não houve avanço na discussão sobre valores que serão pagos ao Estado pelas contas-salários.

Eles admitiram, no entanto, que a contradição de algumas declarações pode prejudicar o desenrolar das negociações.

Apesar da pressa dos governos estadual e federal, a avaliação do valor das contas- salários, um dos entraves da transação, sofrerá atraso por conta da greve dos servidores do Banco Central (BC). O interesse do Estado é obter pelo menos R$ 210 milhões com as contas salários.

Hoje, técnicos da Secretaria da Fazenda terão um outro encontro reservado, desta vez com o BB. Uma nova reunião entre integrantes da Secretaria da Fazenda e do Tesouro Nacional deve ocorrer em 15 dias.

( rosane.felthaus@rbs.com.br )




Fonte: DC

 Outras Notícias

19/07/2018 - REFORMA TRABALHISTA SEGUE PROPAGANDA ENGANOSA NO PAÍS SEM CARTEIRA ASSINADA

18/07/2018 - DIFERENÇA DE TARIFA ENTRE BANCOS CHEGA A 260%

18/07/2018 - DÍVIDA DE APOSENTADOS COM EMPRÉSTIMO SOBE R$ 39 MI POR DIA

18/07/2018 - ITAÚ CHEGA AO MERCADO DE MAQUININHAS DE CARTÃO

18/07/2018 - COMO USAR AS NOVAS REGRAS DO CHEQUE ESPECIAL PARA SAIR DO VERMELHO

18/07/2018 - PAGAMENTO DO 13º DE APOSENTADOS COMEÇA EM AGOSTO; VEJA O CALENDÁRIO DO INSS

17/07/2018 - SÓ SINDICALIZADOS PODEM RECEBER BENEFÍCIOS DE ACORDO COLETIVO

17/07/2018 - TRÊS INSTITUIÇÕES LIDERAM RANKING DE RECLAMAÇÕES CONTRA BANCOS

17/07/2018 - PAÍS DEIXA DE CRIAR 80% DAS VAGAS DE TRABALHO PREVISTAS

17/07/2018 - PF DIZ QUE EX-MINISTRO DO TRABALHO ERA ‘FANTOCHE DOS CACIQUES DO PTB’

  Sindicalize-se
+ Detalhes  
  Eventos
FESTA DOS BANCÁRIOS...
+ Detalhes
Itajaí - SC | Rua José Ferreira da Silva, 48 - Cx. Postal 118 - Centro | Telefone: (47) 3348-6374 |||  By Vale da Web
Copyright © 2018 SEEBI. Todos os Direitos Reservados.