BRASIL: "ÚNICO PA͍S NO MUNDO ONDE O POVO QUE É ROUBADO
É O MESMO QUE DÁ PODER AO LADRÃO"
Ações Jurídicas
Artigos
Base Territorial
Convenções e Acordos Coletivos
Convênios
Denúncia contra Bancos
Diretoria
Esportes
Eventos
Fale conosco
Índices de Reajustes Salariais
Links
Localização / sede
Matérias
Notícias
Noticias jurídicas
Notícias RSS
Saúde
Segurança Bancária
Sindicalize-se
Untitled Document
NOTÍCIAS
Gerais
Jurídicas
RSS
Saúde
Segurança Bancária
 Notícias Gerais

Confira as últimas notícias Gerais :

14/05/2007 - PAGAMENTOS DO INSS PODEM FICAR COM...

BB e Caixa.

Bancos privados são contra o leilão da folha, avaliada pela Previdência em R$ 5 bilhões. A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) entrega hoje sua resposta à proposta apresentada pelo Ministério da Previdência há duas semanas para a licitação da folha de pagamento dos aposentados e pensionistas do INSS. Segundo fontes do setor próximas às negociações, o governo avalia a folha em R$ 5 bilhões o que torna o leilão inviável, uma vez que os pagamentos representam para os bancos mais custos do que benefícios. “O Tesouro vai acabar vendendo a folha para o Banco do Brasil e para a Caixa”, prevê uma fonte. “E se eles não derem conta do recado, acabarão pedindo ajuda aos bancos privados, que podem cobrar pelos serviços”.

Segundo outra fonte, cerca de 70% dos aposentados recebem até um salário mínimo. “Considerando 80%, o teto sobe para dois salários”, diz. A alegação é que essa massa não seria rentável para as instituições.

Além disso, lembra a fonte, os bancos fazem investimentos pesados em logística e em tecnologia para atender os 25 milhões de pensionistas e aposentados, a ainda abrem as agências duas horas antes nos dias de pagamento.

Os bancos acreditam que a situação é completamente diferente das folhas de empresas privadas e de governos e prefeituras, porque nestas últimas os salários são mais altos e os pagamentos não são espalhados País afora.

Hoje, os bancos recebem do governo para fazer os pagamentos, mas reclamam que o valor não cobre os custos. “O orçamento para esse pagamento em 2007 foi cortado quase à metade, de R$ 240 milhões para R$ 160 milhões”, informou uma fonte. No primeiro mandato do presidente Lula, os bancos tiveram que negociar o recebimento de R$ 1,5 bilhão devido pelo INSS.

Durante a divulgação de resultados trimestrais, Márcio Cypriano, presidente do Bradesco, disse que o banco continuará investindo na compra de folhas de pagamento este ano. Mas afirmou que o pagamento da folha do INSS tem características muito particulares e custos de operação muito altos, e que portanto, caso ocorra o leilão, o governo provavelmente sairia frustrado com o preço obtido. “O sistema financeiro presta um serviço relevante e de qualidade. Temo que uma mudança possa prejudicar os aposentados”, disse. Silvio de Carvalho, diretor de controladoria do Itaú, disse também por ocasião da divulgação do balanço do banco que estaria interessado no processo, dependendo das condições que fossem estabelecidas.

Ativo disputado

As folhas de pagamento são hoje um ativo muito disputado pelos bancos. Em março, o governo de São Paulo vendeu para a Nossa Caixa, banco do qual é acionista controlador, o direito de pagar cerca de 1,1 milhão de funcionários aposentados e da ativa por R$ 2,08 bilhões, desembolsados a vista.

Por folhas de empresas privadas como Votorantim, JBS-Friboi, Dixie-Toga, Arcelor, Tigre e O Boticário, os bancos vinham pagando até R$ 50 milhões - algo entre R$ 800 e R$ 2,3 mil por funcionário, por cinco anos. No caso de governos e prefeituras, o valor por funcionário chega a ser 60% mais alto, uma vez que no setor público a estabilidade dos funcionários é maior, ou seja, o risco de perder os clientes é menor - pelo menos, enquanto a conta-salário não vem.

kicker: Hoje os bancos recebem do governo para fazer os pagamentos, mas reclamam que o valor não cobre os custos.


Fonte: GAZETA MERCANTIL

 Outras Notícias

13/11/2018 - CENTRAIS SINDICAIS DEBATEM REFORMA DA PREVIDÊNCIA

13/11/2018 - BOLSONARO E O DESEMPREGO

13/11/2018 - CAIXA ECONÔMICA CONFIRMA QUE DECISÃO DO STF SOBRE FGTS NÃO GERA DIREITOS EM 2018

13/11/2018 - AUTÔNOMO TEM DE GANHAR O DOBRO DE TRABALHADOR CLT PARA MANTER PADRÃO

13/11/2018 - GOVERNO DE BOLSONARO VAI PROMOVER CORTE DE CARGOS EM BANCOS ESTATAIS

13/11/2018 - BANCO HSBC PLANEJA RETORNAR PARA O BRASIL

12/11/2018 - GRANDES BANCOS LUCRAM 12,7% MAIS NO 3º TRI E SINALIZAM MAIOR APETITE POR CRÉDITO

12/11/2018 - CAMPANHA JÁ SUPERA 2 MILHÕES DE ASSINATURAS CONTRA AUMENTO DE SALÁRIO DO STF

12/11/2018 - UM ANO DE VIGÊNCIA DA REFORMA TRABALHISTA, NÃO GEROU EMPREGO E PRECARIZOU TRABALHO

12/11/2018 - REFORMA TRABALHISTA FOI A MAIOR PROPAGANDA ENGANOSA DO GOVERNO TEMER

  Sindicalize-se
+ Detalhes  
  Eventos
FESTA DOS BANCÁRIOS...
+ Detalhes
Itajaí - SC | Rua José Ferreira da Silva, 48 - Cx. Postal 118 - Centro | Telefone: (47) 3348-6374 |||  By Vale da Web
Copyright © 2018 SEEBI. Todos os Direitos Reservados.