BRASIL: "ÚNICO PA͍S NO MUNDO ONDE O POVO QUE É ROUBADO
É O MESMO QUE DÁ PODER AO LADRÃO"
Ações Jurídicas
Artigos
Base Territorial
Convenções e Acordos Coletivos
Convênios
Denúncia contra Bancos
Diretoria
Esportes
Eventos
Fale conosco
Índices de Reajustes Salariais
Links
Localização / sede
Matérias
Notícias
Noticias jurídicas
Notícias RSS
Saúde
Segurança Bancária
Sindicalize-se
Untitled Document
NOTÍCIAS
Gerais
Jurídicas
RSS
Saúde
Segurança Bancária
 Notícias Gerais

Confira as últimas notícias Gerais :

14/05/2007 - PETROBRAS PERDEU DINHEIRO EM...

acordo com a Bolívia, diz especialista.

Mesmo com o acordo fechado ontem, a Petrobras perdeu dinheiro com as refinarias na Bolívia. Ao todo, a estatal investiu US$ 136,6 milhões na compra e nos projetos de modernização e ampliação de capacidade das refinarias no país.

Durante o processo de privatização do setor de petróleo na Bolívia, a Petrobras pagou US$ 104 milhões pelas refinarias. Desde então, investiu mais US$ 32,6 milhões em melhorias.

Para Adriano Pires, diretor da consultoria CBIE, apesar de a Petrobras ter perdido dinheiro, a "solução foi a mais sensata" dentro do atual contexto.

É que, desde o decreto de domingo, que fixou o preço dos petróleo no mercado interno a US$ 30 o barril e deu a estatal YPFB o monopólio das exportações, as refinarias ficaram "com fluxo de caixa zero" e sem valor de mercado.

"Foi uma saída de bom senso. E o prejuízo não é tão grande diante do lucro de cerca de R$ 5 bilhões que a Petrobras deve ter no primeiro trimestre". A estatal divulga balanço hoje.

Para Pires, a Petrobras depende do gás e, caso levasse a questão à arbitragem internacional, poderia "incitar movimentos sociais" na Bolívia.

Negociação simbólica

Para o professor Edmar Almeida, da grupo Economia da Energia da UFRJ, a negociação foi mais "simbólica", com o objetivo de marcar uma posição da Petrobras de não aceitar decisões fora do escopo dos contratos e das regras estabelecidas. A lei boliviana previa a indenização.

"A negociação ficou dura porque a Petrobras não quis ceder. O prejuízo é pequeno. Ela quis marcar uma posição dentro de um problema que é muito maior, pois o Brasil depende do gás da Bolívia num momento em que há risco de suprimento", disse Almeida.
Como há dúvidas sobre os próximos passos da Bolívia no processo de nacionalização, diz, a Petrobras preferiu mandar o recado de que não aceitará quebras de contrato.

Pires afirma, porém, que a estatal deveria ter adotado uma posição mais firme desde as ameaças de nacionalização com a Bolívia, e não só agora.

Bom negócio

Segundo Pires, a Bolívia fez um bom negócio, pois vendeu refinarias obsoletas e as reassumiu agora modernizadas e mais valorizadas. Ele estima em US$ 200 milhões o valor das duas.

De acordo com a Petrobras, durante a sua gestão das unidades na Bolívia, os investimentos "otimizaram os processos" e permitiram o aumento de capacidade das refinarias. O nível de produção de diesel aumentou 44%. No caso do gás de cozinha, o aumento foi de 62%.

Comentário do Sindicato: Não precisa ser especialista para saber que foi um bom negócio para a Bolívia. O (des)governo do Brasil não tem tradição de negócios. O que gosta é fazer média com o dinheiro do contribuinte. O LULLA passou a vida fazendo oposição, jamais administrou coisa alguma: administrar que é bom, somente com chapéu alheio; não têm competência para tanto.


Fonte: FOLHA ONLINE

 Outras Notícias

20/07/2018 - NEGOCIAÇÃO COM A CAIXA ECONÔMICA FEDERAL

19/07/2018 - REFORMA TRABALHISTA SEGUE PROPAGANDA ENGANOSA NO PAÍS SEM CARTEIRA ASSINADA

18/07/2018 - DIFERENÇA DE TARIFA ENTRE BANCOS CHEGA A 260%

18/07/2018 - DÍVIDA DE APOSENTADOS COM EMPRÉSTIMO SOBE R$ 39 MI POR DIA

18/07/2018 - ITAÚ CHEGA AO MERCADO DE MAQUININHAS DE CARTÃO

18/07/2018 - COMO USAR AS NOVAS REGRAS DO CHEQUE ESPECIAL PARA SAIR DO VERMELHO

18/07/2018 - PAGAMENTO DO 13º DE APOSENTADOS COMEÇA EM AGOSTO; VEJA O CALENDÁRIO DO INSS

17/07/2018 - SÓ SINDICALIZADOS PODEM RECEBER BENEFÍCIOS DE ACORDO COLETIVO

17/07/2018 - TRÊS INSTITUIÇÕES LIDERAM RANKING DE RECLAMAÇÕES CONTRA BANCOS

17/07/2018 - PAÍS DEIXA DE CRIAR 80% DAS VAGAS DE TRABALHO PREVISTAS

  Sindicalize-se
+ Detalhes  
  Eventos
FESTA DOS BANCÁRIOS...
+ Detalhes
Itajaí - SC | Rua José Ferreira da Silva, 48 - Cx. Postal 118 - Centro | Telefone: (47) 3348-6374 |||  By Vale da Web
Copyright © 2018 SEEBI. Todos os Direitos Reservados.