BRASIL: "ÚNICO PA͍S NO MUNDO ONDE O POVO QUE É ROUBADO
É O MESMO QUE DÁ PODER AO LADRÃO"
Ações Jurídicas
Artigos
Base Territorial
Convenções e Acordos Coletivos
Convênios
Denúncia contra Bancos
Diretoria
Esportes
Eventos
Fale conosco
Índices de Reajustes Salariais
Links
Localização / sede
Matérias
Notícias
Noticias jurídicas
Notícias RSS
Saúde
Segurança Bancária
Sindicalize-se
Untitled Document
NOTÍCIAS
Gerais
Jurídicas
RSS
Saúde
Segurança Bancária
 Notícias Gerais

Confira as últimas notícias Gerais :

10/06/2007 - CORRUPÇÃO - LULA SABIA QUE VAVÁ ERA LOBISTA...

PF isenta presidente na participação de possíveis irregularidades.
Campo Grande.

Gravações telefônicas feitas pela Polícia Federal com autorização judicial na Operação Xeque-Mate indicam que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva sabia das atividades de lobista do irmão mais velho, Genival Inácio da Silva, o Vavá, e que tentou impedi-lo de continuar fazendo isso.

Mesmo assim, nas gravações, o irmão de Lula pede dinheiro a um dono de casas de caça-níqueis, fala de suas negociações em órgãos públicos, como Correios e Superior Tribunal de Justiça (STJ), e revela, em outras ligações, que a PF poderia estar fazendo monitoramentos de suas operações com jogos ilegais. Numa das gravações, Dario Morelli Filho, preso pela PF, ameaça avisar ao "titio" (que, para a PF, seria Lula) sobre as "picaretagens" de Vavá.

Outro preso pela PF, o empresário de jogos Nilton Cezar Servo, acusado de comandar uma quadrilha de jogos ilegais em vários Estados, chama o irmão de Lula de "véio cara de pau" e "picareta". Um dos telefonemas transcritos pela PF, feito às 20h do dia 20 de maio, indica que Lula teria pedido a um amigo de São Caetano do Sul, no ABC Paulista, identificado apenas como Roberto, para conversar com o irmão. Seria uma conversa sigilosa.

- O Lula quer que você vá lá um dia para conversar com ele à noite - afirma Roberto, explicando que o presidente lhe pediu para ir junto, para uma conversa à noite, com tranqüilidade.

Em outra ligação, a tentativa de lobby nos Correios

Em seu relatório, a PF descreve: "Observa-se também que o presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (o nome está em letras maiúsculas no texto) não tem qualquer participação ou mesmo conhecimento da prática dos crimes de tráfico de influência ou exploração de prestígio por parte de seu irmão Vavá".

Dois dias depois, às 9h22min, Vavá revela, em outro telefonema, que pretende fazer lobby nos Correios em favor de um homem não-identificado pela PF que, inclusive, já teria comprado sua passagem para Brasília. Nessa conversa com outro interlocutor, identificado como Rinaldo, do Banco do Brasil, Vavá pede R$ 2 mil emprestados. Rinaldo diz que não tem e indica outra pessoa, identificada como Marcelo.

O material foi obtido pelo jornal O Globo que localizou Marcelo na noite de sexta-feira, pelo celular, mas ele se recusou a fazer comentários e disse que não conhece Vavá.

Compadre e ex-deputado estadual são sócios

Os documentos da Operação Xeque-Mate e os relatórios de transcrições de grampos feitos pela PF mostram que Dario Morelli Filho, compadre do presidente Lula, tinha estreitas relações com o ex-deputado Nilton Cezar Servo, suposto chefe da máfia das caça-níqueis. Para a PF, Servo e Morelli "são os proprietários de fato" da casa de videobingo Deck Vídeo Bingo, em Ilhabela, no litoral paulista. A empresa está registrada em nome de Renato Costacurta Prata ME. Segundo a Polícia Federal, Renato Prata "não passa de um laranja", que responderá por crime de falsidade ideológica.

Pelo telefone

Em um dos diálogos com Nilton Cezar Servo, gravado no dia 25 de março, Vavá conta que esteve com Lula por meia hora e se gaba do parentesco, alegando até que conversou com o presidente sobre bingos. Vavá afirma que falou com Lula "sobre o negócio das máquinas lá, que esse pessoal precisa andar mais rápido". E grita:

- O Lula é meu irmão!

Em seguida, Vavá diz que Lula lhe pediu para "pegar (ininteligível) para levar para ele (Lula) lá". Segundo a PF, a análise da conversa indica que Vavá está usando o nome de seu irmão para conseguir dinheiro junto a Servo, que, por sua vez, tentava vender a suposta influência de Vavá para terceiros, como indicam outras gravações.

Três dias antes, no entanto, Servo foi flagrado em outra ligação, desta vez para Dario Morelli Filho. Vavá teria prometido tentar intervir em uma ação no STF.
- Bem que você falou, aquele véio é picareta mesmo, viu? E cara-de-pau! Ainda que me ligou agora e falei: pô, Vavá, que falta de consideração do c., hein, pô... Meu irmão, pô!

Servo conta a Morelli que Vavá se justificou e ainda lhe pediu R$ 2 mil. Morelli responde que Vavá é "um f.d.p.", louco, mas é interrompido por Servo:
- É irmão do cara.

Morelli responde:

- É irmão, mas tenho vontade de falar pro titio... Falar pro titio, ó... Só fala pro seu irmão lá pra parar de ficar pedindo dinheiro pros outros que ele tá meu..., tá f., hein!

Servo diz que "é melhor que o cara já comece errando no início que depois, no meio ou no fim", e pede para Dario Morelli Filho não contar ao "titio", no caso o presidente Lula, segundo a Polícia Federal.


Fonte: DC

 Outras Notícias

16/11/2018 - DESEMPREGO CAI PARA 11,9%, MAS AINDA ATINGE 12,5 MILHÕES DE BRASILEIROS

16/11/2018 - DESEMPREGO É MAIOR ENTRE NORDESTINOS, MULHERES E NEGROS, DIVULGA IBGE

14/11/2018 - LUCRO LÍQUIDO DO BANRISUL SOBE 31,6% NO TERCEIRO TRIMESTRE DE 2018

14/11/2018 - GILMAR MENDES TRAVA PAGAMENTO DE AÇÕES NA JUSTIÇA DE PLANOS ECONÔMICOS

14/11/2018 - COMO O PT ‘APARELHOU’ O BANCO DO BRASIL

13/11/2018 - CENTRAIS SINDICAIS DEBATEM REFORMA DA PREVIDÊNCIA

13/11/2018 - BOLSONARO E O DESEMPREGO

13/11/2018 - CAIXA ECONÔMICA CONFIRMA QUE DECISÃO DO STF SOBRE FGTS NÃO GERA DIREITOS EM 2018

13/11/2018 - AUTÔNOMO TEM DE GANHAR O DOBRO DE TRABALHADOR CLT PARA MANTER PADRÃO

13/11/2018 - GOVERNO DE BOLSONARO VAI PROMOVER CORTE DE CARGOS EM BANCOS ESTATAIS

  Sindicalize-se
+ Detalhes  
  Eventos
FESTA DOS BANCÁRIOS...
+ Detalhes
Itajaí - SC | Rua José Ferreira da Silva, 48 - Cx. Postal 118 - Centro | Telefone: (47) 3348-6374 |||  By Vale da Web
Copyright © 2018 SEEBI. Todos os Direitos Reservados.