BRASIL: "ÚNICO PA͍S NO MUNDO ONDE O POVO QUE É ROUBADO
É O MESMO QUE DÁ PODER AO LADRÃO"
Ações Jurídicas
Artigos
Base Territorial
Convenções e Acordos Coletivos
Convênios
Denúncia contra Bancos
Diretoria
Esportes
Eventos
Fale conosco
Índices de Reajustes Salariais
Links
Localização / sede
Matérias
Notícias
Noticias jurídicas
Notícias RSS
Saúde
Segurança Bancária
Sindicalize-se
Untitled Document
NOTÍCIAS
Gerais
Jurídicas
RSS
Saúde
Segurança Bancária
 Notícias Gerais

Confira as últimas notícias Gerais :

12/06/2007 - DESTA VEZ, BUSH NÃO ERROU!

Éber Marcelo Bündchen.

Toda a imprensa mundial comentou uma suposta gafe do presidente americano George W. Bush, que teria se dirigido ao papa Bento 16 como “Senhor” e não “Vossa Santidade”, segundo manda o protocolo.

Desta vez Bush não errou e, provavelmente, fez o tratamento de propósito, fugindo assim – por convicção pessoal – do pronome de tratamento que deveria ser dirigido ao papa. Se o presidente brasileiro fosse protestante (evangélico), budista ou muçulmano – e não católico – seria bem provável que agiria da mesma forma.

Bush é metodista, e mesmo que o protocolo oriente a chamar de “Vossa Santidade” o chefe do Vaticano, outro chefe de estado que tem convicções religiosas diferentes das do catolicismo não pode ser obrigado a seguir essa regra. Afinal, o papa não é santo nem mesmo para a Igreja da qual é chefe maior. Por mais que seja chamado de “Santo Padre”, o processo de santificação da Igreja Católica é extremamente rigoroso e depende de provas científicas e de milagres atribuídos a pessoas que já faleceram.

Nenhum vivo pode ser considerado santo, mesmo que os costumes e a religião assim tratem seu grande líder.

A escolha do papa é extremamente política, feita por homens que estão entre os maiores líderes da Igreja Católica, que votam e que podem ser votados. Os critérios são próprios e a escolha não passa por nenhum “chamado especial”, tampouco são os fiéis que opinam. Assim, não se pode seguir a um protocolo que fere convicções pessoais. O que se espera é que presidente Bush seja educado, mas não ao ponto de reconhecer como santa uma pessoa que, pela convicção de uma religião não católica, não é assim considerado.

Os budistas, muçulmanos ou os demais cristãos não católicos têm seus líderes, mas não exigem que os chamem de modos diferentes. São doutrinadores e líderes que devemos respeitar e considerar, mas não necessariamente aceitar exigências contrárias às nossas próprias convicções. É verdade que há “extremistas” que querem impor sua religião como a única correta e verdadeira, mas isso sim é falta de respeito. Matar em nome de Deus, Alá, Maomé, Buda etc. é absurdo e deve ser punido pela Lei Civil.

A imprensa deu mais ênfase ao tratamento dado por Bush ao papa do que aos assuntos que foram tratados. Com todo respeito que tenho pela Igreja Católica, Bush não foi mal educado, nem cometeu uma gafe, mas distraiu-se ou foi autêntico. Talvez pudesse ter chamado o papa de “Excelência”, já que é chefe de estado, mas "Santidade" seria, de qualquer forma, exigir demais.

Éber Marcelo Bündchen, advogado


Fonte: A NOTÍCIA

 Outras Notícias

17/07/2018 - ACORDO COLETIVO QUE GARANTE BENEFÍCIOS SOMENTE A QUEM CONTRIBUI COM SINDICATO

16/07/2018 - EM CUBA, GLEISI FAZ CAMPANHA PELA LIBERDADE DE LULA

16/07/2018 - SERVIDORES DOS CORREIOS VÃO PAGAR A CONTA POR NOVO ROMBO NO POSTALIS

16/07/2018 - CONSULTA À COTA DO PIS ESTÁ DISPONÍVEL NESTA SEGUNDA-FEIRA

16/07/2018 - RECEITA PAGA HOJE 2º LOTE DE RESTITUIÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA 2018

16/07/2018 - ‘NÃO HOUVE NENHUMA IRREGULARIDADE’, AFIRMA BANCO DO BRASIL

16/07/2018 - CORTE DE VAGAS DE TRABALHO CRESCE 600% NOS SINDICATOS APÓS FIM DE IMPOSTO

16/07/2018 - MÊS DE FÉRIAS! CONFIRA COMO FICA DIREITO AO DESCANSO APÓS REFORMA TRABALHISTA

16/07/2018 - RESULTADO DA NEGOCIAÇÃO COM O BANCO DO BRASIL

13/07/2018 - BANCOS NÃO ASSINAM PRÉ-ACORDO; DIA 2 DE AGOSTO TEM DISCUSSÃO SOBRE CLÁUSULAS ECONÔMICAS

  Sindicalize-se
+ Detalhes  
  Eventos
FESTA DOS BANCÁRIOS...
+ Detalhes
Itajaí - SC | Rua José Ferreira da Silva, 48 - Cx. Postal 118 - Centro | Telefone: (47) 3348-6374 |||  By Vale da Web
Copyright © 2018 SEEBI. Todos os Direitos Reservados.