BRASIL: "ÚNICO PA͍S NO MUNDO ONDE O POVO QUE É ROUBADO
É O MESMO QUE DÁ PODER AO LADRÃO"
Ações Jurídicas
Artigos
Base Territorial
Convenções e Acordos Coletivos
Convênios
Denúncia contra Bancos
Diretoria
Esportes
Eventos
Fale conosco
Índices de Reajustes Salariais
Links
Localização / sede
Matérias
Notícias
Noticias jurídicas
Notícias RSS
Saúde
Segurança Bancária
Sindicalize-se
Untitled Document
NOTÍCIAS
Gerais
Jurídicas
RSS
Saúde
Segurança Bancária
 Notícias Gerais

Confira as últimas notícias Gerais :

13/06/2007 - QUASE 3 MILHÕES DE CRIANÇAS TRABALHAM NO...

Brasil, segundo OIT.
A Organização Internacional do Trabalho divulgou hoje dados atualizados sobre o trabalho infantil. De 2005 até hoje, houve um acréscimo de 400 mil crianças no trabalho.

Mais de 400.000 crianças trabalhadoras até então não contabilizadas fazem o número de menores que trabalham no Brasil aumentar para quase 3 milhões, divulgou hoje a Organização Internacional do Trabalho (OIT).

Por ocasião do Dia Internacional contra o Trabalho Infantil, a OIT divulgou este novo dado que inclui os últimos estudos do IBGE, que começaram a cobrir a remota região amazônica. Até agora, com dados atualizados até 2005, considerava-se que havia cerca de 2,5 milhões de crianças trabalhadoras no Brasil, com idades entre 5 e 15 anos.

Cerca de mil crianças protestaram hoje contra esta situação com mil cartões vermelhos, em uma analogia ao futebol, durante um ato realizado em Brasília por ocasião deste dia. Antes, mágicos, palhaços e saltimbancos explicaram a este grupo de crianças, em parte resgatadas do trabalho infantil, os perigos de começar a trabalhar desde tão cedo.

Tatiana Estrela, assistente social do Instituto Marista de Solidariedade - um dos órgãos que colaboraram com este ato -, comentou que "é muito importante que as crianças tenham noção" dos perigos do trabalho infantil.

Segundo Estrela, algumas das crianças que participaram dos protestos de hoje fazem parte de um projeto piloto para prevenir o trabalho de crianças e adolescentes desenvolvido na periferia de Brasília. "Em Ceilândia, as crianças trabalham como engraxates, distribuindo panfletos e como vendedores ambulantes, enquanto na Cidade Estrutural, trabalham coletando lixo", relatou a assistente social, referindo-se a localidades do Distrito Federal.

De acordo com Estrela, este projeto tenta apoiar as famílias das crianças trabalhadoras através de maior acesso a "microcréditos", ajudando a "identificar suas potencialidades para tornar desnecessário o trabalho dos filhos".

Por ocasião desta data, será realizada amanhã uma audiência pública no Senado, na qual será analisado o Plano Nacional de Erradicação e Prevenção do Trabalho Infantil e Proteção ao Adolescente Trabalhador, impulsionado pelo Governo.


Fonte: JORNAL DE BRASÍLIA

 Outras Notícias

20/07/2018 - NEGOCIAÇÃO COM A CAIXA ECONÔMICA FEDERAL

19/07/2018 - REFORMA TRABALHISTA SEGUE PROPAGANDA ENGANOSA NO PAÍS SEM CARTEIRA ASSINADA

18/07/2018 - DIFERENÇA DE TARIFA ENTRE BANCOS CHEGA A 260%

18/07/2018 - DÍVIDA DE APOSENTADOS COM EMPRÉSTIMO SOBE R$ 39 MI POR DIA

18/07/2018 - ITAÚ CHEGA AO MERCADO DE MAQUININHAS DE CARTÃO

18/07/2018 - COMO USAR AS NOVAS REGRAS DO CHEQUE ESPECIAL PARA SAIR DO VERMELHO

18/07/2018 - PAGAMENTO DO 13º DE APOSENTADOS COMEÇA EM AGOSTO; VEJA O CALENDÁRIO DO INSS

17/07/2018 - SÓ SINDICALIZADOS PODEM RECEBER BENEFÍCIOS DE ACORDO COLETIVO

17/07/2018 - TRÊS INSTITUIÇÕES LIDERAM RANKING DE RECLAMAÇÕES CONTRA BANCOS

17/07/2018 - PAÍS DEIXA DE CRIAR 80% DAS VAGAS DE TRABALHO PREVISTAS

  Sindicalize-se
+ Detalhes  
  Eventos
FESTA DOS BANCÁRIOS...
+ Detalhes
Itajaí - SC | Rua José Ferreira da Silva, 48 - Cx. Postal 118 - Centro | Telefone: (47) 3348-6374 |||  By Vale da Web
Copyright © 2018 SEEBI. Todos os Direitos Reservados.