BRASIL: "ÚNICO PA͍S NO MUNDO ONDE O POVO QUE É ROUBADO
É O MESMO QUE DÁ PODER AO LADRÃO"
Ações Jurídicas
Artigos
Base Territorial
Convenções e Acordos Coletivos
Convênios
Denúncia contra Bancos
Diretoria
Esportes
Eventos
Fale conosco
Índices de Reajustes Salariais
Links
Localização / sede
Matérias
Notícias
Noticias jurídicas
Notícias RSS
Saúde
Segurança Bancária
Sindicalize-se
Untitled Document
NOTÍCIAS
Gerais
Jurídicas
RSS
Saúde
Segurança Bancária
 Notícias Gerais

Confira as últimas notícias Gerais :

27/07/2007 - CAÇA AOS CORRUPTOS...

A nova secretaria foi responsável pelo repasse de informações à PF que determinaram as operações Sanguessugas e Navalha.

Um catarinense de Rio do Sul, Marcelo Stopanovski Ribeiro, acaba de assumir o comando da Secretaria de Prevenção da Corrupção e Informações Estratégicas (SPCI) órgão vinculado à Controladoria Geral da União (CGU) em Brasília. Aos 38 anos, ele integra seleto grupo de especialistas no uso da tecnologia da informática no combate às irregularidades e desvios do dinheiro público.

A SPCI, criada em janeiro do ano passado, já tem bons serviços prestados ao País. Ela repassou à Polícia Federal informações importantes que determinaram as operações denominadas Sanguessugas e Navalha, que pulverizaram organizações que atuavam no superfaturamento de ambulâncias com dinheiro do orçamento da União e de obras públicas, por meio da Construtora Gautama, em cinco Estados.

O catarinense já atuou no Laboratório de Tecnologias de Combate à Lavagem de Dinheiro, vinculado ao Ministério da Justiça. Seus conhecimentos foram aprimorados durante o período em que trabalhou no Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina (Ciasc), onde diz ter realizado grande aprendizado no uso das tecnologias.

Um dos ralos da corrupção, por onde escoam milhões de reais a cada ano, decorre do enorme volume de convênios, repasses e acordos entre os três níveis da administração pública, sem que os sistemas de fiscalização funcionem na forma esperada e em tempo adequado. O uso da informática, nesta área, é decisivo para detectar falhas, propositais ou não.

Neste sentido, a autoridade responsável pelo controle e fiscalização dos recursos públicos tem demonstrado esforço elogiável, mediante a instalação de órgãos e serviços com o objetivo de acompanhar e fiscalizar a correta aplicação do dinheiro da Nação.

A Controladoria Geral da União procura criar mecanismos sofisticados de acompanhamento, como a Secretaria de Prevenção da Corrupção, em busca do aperfeiçoamento constante no acompanhamento dos fluxos de recursos públicos nos diferentes níveis da administração. Órgãos como a SPCI, ou o Laboratório de Tecnologias de Combate à Lavagem de Dinheiro, no âmbito do Ministério da Justiça, são decisivos na guerra contra a corrupção, mal que parece se alastrar na atualidade em todo o País. Segundo levantamento recente, a corrupção e a pirataria representam cerca de 10% do produto interno bruto (PIB). Por isso, no Brasil, as operações de lavagem de dinheiro são maiores do que os valores operados pelo narcotráfico, afirmam especialistas e técnicos do governo.

Pela multiplicidade de sistemas, órgãos e fontes de origem, só com a eficiente utilização da informática, como fazem os países mais desenvolvidos, será possível, de fato, controlar a aplicação do dinheiro público. Outro bom instrumento de combate à corrupção recomenda reduzir o número de “cargos de confiança” no serviço público, eliminando parte da burocracia, por onde crescem desvios e irregularidades. Enquanto nos países ricos as indicações políticas são restritas e numericamente ínfimas, no Brasil, apenas na órbita do governo federal, os “cargos de confiança” chegam a 22 mil.

Tal número de “nomeados”, somados aos cargos nos Estados e municípios, obstaculizam controles eficientes e conseqüentes. De qualquer forma, boa sorte ao catarinense “caçador de corruptos” e fiscalizador das contas públicas.


Fonte: A NOTÍCIA

 Outras Notícias

16/11/2018 - DESEMPREGO CAI PARA 11,9%, MAS AINDA ATINGE 12,5 MILHÕES DE BRASILEIROS

16/11/2018 - DESEMPREGO É MAIOR ENTRE NORDESTINOS, MULHERES E NEGROS, DIVULGA IBGE

14/11/2018 - LUCRO LÍQUIDO DO BANRISUL SOBE 31,6% NO TERCEIRO TRIMESTRE DE 2018

14/11/2018 - GILMAR MENDES TRAVA PAGAMENTO DE AÇÕES NA JUSTIÇA DE PLANOS ECONÔMICOS

14/11/2018 - COMO O PT ‘APARELHOU’ O BANCO DO BRASIL

13/11/2018 - CENTRAIS SINDICAIS DEBATEM REFORMA DA PREVIDÊNCIA

13/11/2018 - BOLSONARO E O DESEMPREGO

13/11/2018 - CAIXA ECONÔMICA CONFIRMA QUE DECISÃO DO STF SOBRE FGTS NÃO GERA DIREITOS EM 2018

13/11/2018 - AUTÔNOMO TEM DE GANHAR O DOBRO DE TRABALHADOR CLT PARA MANTER PADRÃO

13/11/2018 - GOVERNO DE BOLSONARO VAI PROMOVER CORTE DE CARGOS EM BANCOS ESTATAIS

  Sindicalize-se
+ Detalhes  
  Eventos
FESTA DOS BANCÁRIOS...
+ Detalhes
Itajaí - SC | Rua José Ferreira da Silva, 48 - Cx. Postal 118 - Centro | Telefone: (47) 3348-6374 |||  By Vale da Web
Copyright © 2018 SEEBI. Todos os Direitos Reservados.