BRASIL: "ÚNICO PA͍S NO MUNDO ONDE O POVO QUE É ROUBADO
É O MESMO QUE DÁ PODER AO LADRÃO"
Ações Jurídicas
Artigos
Base Territorial
Convenções e Acordos Coletivos
Convênios
Denúncia contra Bancos
Diretoria
Esportes
Eventos
Fale conosco
Índices de Reajustes Salariais
Links
Localização / sede
Matérias
Notícias
Noticias jurídicas
Notícias RSS
Saúde
Segurança Bancária
Sindicalize-se
Untitled Document
NOTÍCIAS
Gerais
Jurídicas
RSS
Saúde
Segurança Bancária
 Notícias Gerais

Confira as últimas notícias Gerais :

13/01/2020 - NOVO SALÁRIO MÍNIMO DE R$ 1.039 DEFINIDO PELO GOVERNO PERDE PARA INFLAÇÃO

(Por Ricardo Marchesan)

O reajuste do salário mínimo para 2020 ficou abaixo da inflação oficial do país, o que significa que, na prática, o mínimo perdeu valor. O reajuste foi definido por meio de medida provisória assinada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no último dia de 2019, mas ainda pode ser alterado pelo Congresso. Se subir mais, deixa de perder da inflação, mas com o valor atual há essa perda.

O piso nacional passou de R$ 998 para R$ 1.039, um reajuste de 4,1%. O valor foi calculado com base em uma projeção do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) acumulado para o ano passado, quando o índice final ainda não havia sido fechado. Nesta sexta (10), o IBGE divulgou o índice oficial acumulado, de 4,48%. Acima, portanto, do que tinha sido projetado pelo governo. Para se igualar à inflação, o salário mínimo deveria ser de ao menos R$ 1.042,71 neste ano.

Como foi definido por meio de uma medida provisória, o reajuste de 4,1% ainda será analisado pelo Congresso, que pode alterar o valor.

Aposentadorias e pensões 
O salário mínimo também é usado como valor mínimo para aposentadorias, pensões e BPC (Benefício de Prestação Continuada), pago a idosos e deficientes de baixa renda. Já as aposentadorias e pensões de quem ganha mais de um salário mínimo são reajustadas pelo INPC.

Por isso, quem recebem um salário mínimo deve ter, neste ano, um reajuste menor do que os demais segurados.

Aumento real pode gerar desemprego, disse Guedes 
No final do ano passado, o ministro Paulo Guedes (Economia) disse que o aumento real do salário mínimo, acima da inflação, poderia gerar desemprego.

Em nota do ministério, o governo estimou que, para cada aumento de R$ 1 no salário mínimo, o impacto no Orçamento de 2020 é de R$ 355,5 milhões. A conta considera os reflexos do salário mínimo nas despesas com benefícios da Previdência, abono salarial, seguro-desemprego, BPC, lei orgânica de assistência social e renda mensal vitalícia.

No ano passado, o reajuste do salário mínimo ainda considerava a regra que levava em conta a inflação medida pelo INPC do ano anterior, mais o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) de dois anos antes. Quando o PIB ficava negativo, o reajuste era apenas a inflação. 




Fonte: UOL / FEEB PR

 Outras Notícias

10/07/2020 - SANTANDER DEMITIU QUASE 500 FUNCIONÁRIOS EM UM MÊS

10/07/2020 - CONGRESSO VAI DERRUBAR DESONERAÇÃO DA FOLHA AFIRMA RODRIGO MAIA

10/07/2020 - NEM METADE DOS MILITARES QUE RECEBEU INDEVIDAMENTE AUXÍLIO EMERGENCIAL DEVOLVEU DINHEIRO

10/07/2020 - EDITAL DE CONVOCAÇÃO AGE ESPECÍFICA PARA OS FUNC DO BANCO DO BRASIL SA, EM MODO VIRTUAL ELETR

09/07/2020 - EDITAL DE CONVOCAÇÃO AGE ESPECÍFICA PARA OS FUNC DO BANCO DO BRASIL SA, EM MODO VIRTUAL ELETR

08/07/2020 - EDITAL DE CONVOCAÇÃO AGE ESPECÍFICA PARA OS FUNC DO BANCO DO BRASIL SA, EM MODO VIRTUAL ELETR

07/07/2020 - EDITAL DE CONVOCAÇÃO AGE ESPECÍFICA PARA OS FUNC DO BANCO DO BRASIL SA, EM MODO VIRTUAL ELETR

07/07/2020 - BOLSONARO SANCIONA LEI QUE PERMITE REDUÇÃO DE JORNADA E SALÁRIO NA CRISE

07/07/2020 - GASTO DO TESOURO COM ROMBO DE MILITAR É 17 VEZES O DE APOSENTADO DO INSS

07/07/2020 - TRABALHADOR QUE PEGAR COVID-19 NO TRABALHO PODE PROCESSAR EMPRESA

  Sindicalize-se
+ Detalhes  
  Eventos
FESTA DOS BANCÁRIOS...
+ Detalhes
Itajaí - SC | Rua José Ferreira da Silva, 48 - Cx. Postal 118 - Centro | Telefone: (47) 3348-6374 |||  By Vale da Web
Copyright © 2020 SEEBI. Todos os Direitos Reservados.